• Facebook Page: 100000238138589&ref=ts
  • Twitter: ifscgaspar

acesso informacao

Colegiado ratifica decisão da assembleia e estão suspensas as atividades não presenciais do Câmpus Gaspar de 13 de maio a 2 de junho PDF Imprimir E-mail

Em reunião do colegiado do Câmpus Gaspar, realizada nesta quarta-feira (13), foi aprovada a suspensão das aulas não presenciais de 13 de maio, a partir do período da tarde, até 2 de junho. A decisão foi tomada após assembleia virtual, realizada na terça-feira (12), em que todos os alunos e servidores puderam votar pela manutenção ou suspensão das atividades não presenciais. Foram 528 votos, sendo 355 favoráveis à suspensão das atividades não presenciais e 173 contrários.

 

 

 

“Será uma parada pedagógica em que nós vamos realizar estudos de cenários, avaliar a situação das aulas já realizadas tendo em vista os contextos das diferentes turmas dos cursos e também vamos realizar o planejamento da continuidade das atividades. Nós ainda não conseguimos prever o retorno das aulas presenciais porque isso não depende de nós e com relação às atividades não presenciais nós teremos um novo processo consultivo no dia 2 de junho nos mesmos moldes da assembleia já realizada para discutir como isso será feito. O objetivo dessa parada é que nós possamos atender de forma qualificada todos os estudantes. Porque há a preocupação com a  exclusão de alguns deles desse processo tendo em vista as dificuldades que eles encontram no próprio ambiente doméstico e no acesso e realização das atividades de forma remota. Durante esse período, os professores, além de participarem de reuniões de planejamento e avaliação, eles também vão estar realizando outras atividades vinculadas à pesquisa e à extensão”, explica a diretora-geral do Câmpus Gaspar, Ana Paula Kuczmynda da Silveira.



Já está marcada uma nova reunião ordinária do colegiado do Câmpus para o dia 27 de maio para avaliar a situação e, no dia 2 de junho, será realizada uma nova assembleia virtual em que alunos e servidores poderão decidir pela manutenção ou suspensão das atividades não presenciais. A decisão foi tomada após o Conselho Superior do IFSC deliberar, no dia 27 de abril, que cada câmpus têm autonomia para definir pela manutenção ou suspensão das atividades não presenciais.  


Clique aqui e confira todas as resoluções realizadas a partir de 16 de março quando foi publicada a portaria 1178/2020 da reitoria que suspendia as atividades presenciais no IFSC.


Para acessar a resolução n° 15/2020 do colegiado do Câmpus Gaspar, clique aqui.


Por Beatrice Gonçalves | Jornalista do IFSC

 

Para visualizar PDF você precisa do Adobe Reader: Clique aqui para baixar.